segunda-feira, 4 de julho de 2011

Sobre a paz que cultivamos

Este realmente é o assunto "top 100" da minha mente.
Coisa rara nos dias de hoje e rara "ao quadrado" com a vida que levo nos últimos anos...
Não que a felicidade não tenha batido à minha porta.
Aprendi com o tempo a dar valor de verdade a coisas que nem todo mundo dá.
Satisfaço-me com essas pequenas coisas e faço delas pequenos tesouros diários para o meu coração.
Mas a paz...
A paz pode estar no meu ambiente, a paz pode até estar presente nas pessoas ao redor.
Mas dentro de mim...é um cultivo diário.
Passei tantos dias e anos questionando cada passo, cada atitude, cada defesa  contra inimigos,  que somente agora, tão somente agora, minha maturidade permite que ela esteja dentro de mim de fato.
Então quando vejo, estou orando em silêncio algo mais ou menos assim:
Senhor, que a paz advinda de sua graça esteja aqui,  no meu coração.
Que ela encontre conforto suficiente para chegar e ficar.
Que ela permita que todos os sentimentos que passam por ele, não abalem a minha certeza e a minha fé.
Que ela renove a força e inspiração para cada minuto desse presente tão lindo que é o meu dia...
Amém...
Que  a paz esteja com todos!
D.Frick