sábado, 30 de abril de 2011

Entre e-mails, telefonemas, torpedos,  scraps no orkut e posts no facebook, foram mais de cem mensagens de carinho.
obrigada!
Bjos,
D.Frick

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Oba! Chegou!

Essa é minha música hoje...
Porque sempre existirá motivos para celebrar!
Eu só tenho a agradecer a Deus. Hoje e sempre.
Então, como diz na música: "In everything you do, celebrate you!"
Bjos,
D.Frick

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Aniversário

Aniversário...

O que eu quero de presente amanhã?
Ah, tantas coisas...
Vou separar em grupos, assim fica mais fácil:
Tem o grupo dos desejos materiais e tem o grupo dos desejos de vida...
Então...poderia desejar uma viagem, um armário novo, uma jaqueta de couro, uma estante programada para os livros,  talvez até uma banheira de ofurô...quem sabe?
Agora, os desejos de vida: poderia desejar uma oportunidade profissional melhor, me livrar dos invejosos, dos vampirinhos de plantão, emagrecer e ficar linda como uma modelo...
Desejos... todos tentadores...
Mas o que realmente quero mentalizar e acreditar que vou ganhar?  Saúde e força.
Saúde para criar minha filha linda  (meu maior presente) e conviver com os que me amam e  força para lutar por todos os sonhos sejam materiais ou não.
Pensamento positivo, então!
Bjos,
D.Frick

Pequena e Inocente insensatez infantil...

Quando eu era criança, mascava chiclete e tinha pena do chiclete ali, mascado, sem gosto, pronto pra ser jogado no lixo ou em qualquer outro lugar. Então,acreditava que aquela "coisa"  merecia um pedido de desculpas;
Quando eu era criança, tinha vergonha do buraco da tomada. Achava que o vizinho poderia estar com uma super câmera observando meus atos...
Quando eu era criança, sonhava em comer pasta de dente quando quisesse, pedaços de manteiga atrás da cortina e até mesmo com a raspa do macarrão na panela só pra mim.
Quando eu era criança, ensinava tudo para minhas bonecas, acreditava em príncipe encantado, em suspiros de amor, nas fadas, duendes e também no super poder da minha mãe em saber de tudo!
Quando eu era criança, achava que a matemática era um castigo e que aulas de história serviam para viajar no tempo...
Quando eu era criança, ouvia Julio Iglesias com meus avós no carro e tudo era rosa ao som de "Manuela"...
Ah! quando eu era criança...
Que delícia era saber que minha única preocupação, era esconder a pequena e inocente  insensatez infantil...

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Hoje encontrarei Alice.
Escorregaremos juntas pela toca do Coelho...